terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

1'10 Sem despedidas






A sereia se afastou do navio. Ela espera na praia do amor. 
Dizem que há muitos anos, um homem mandou explodir as pedras com dinamite para que sua amada, temerosa das ondas da praia grande, pudesse se refrescar nas águas do mar.


Desde então, essa praia é refúgio para os que amam.
Ela se afasta do navio e espera.O sol se vai. 
Ela espera. O mundo dá voltas.

Nenhum comentário: