quarta-feira, 15 de julho de 2009

Conto animado


Quando conheci o Sr. Fofoqueira, tivemos um flerte muito intenso e avassalador, apesar disso, também houveram muitos obstáculos até nos tornarmos um casal. No meio desse turbilhão apaixonado escrevi um conto num papel amassado que dizia assim:

Sempre que eu me apaixono, nasce em mim um novo coração, quando um nasce , o outro não morre e por isso eu convivia com vários corações em mim, mas agora que eu te conheci, nasceu um coração tão novo, tão gigante que tomando o lugar dos outros corações fez-se definitivo.

Desenhei a sereia, ele desenhou a árvore. Tratei as imagens e ele animou. Escolhemos a música junto e quando tudo ficou pronto, nossa união foi celebrada por um conto de amor animado.


2 comentários:

thedolldoeskorea disse...

Eu me lembro bem... delícia de animação.

C.C. disse...

amei!!!
lindo de viver...
beijos procês dois